A Patrícia Leite tem 26 anos e adora escrever. A fotografia e a leitura são inspirações diárias, tais como uma ótima refeição italiana ou uns bolinhos doces. O seus caracóis sempre foram uma característica sua muito própria, mas só há pouco tempo é que os conseguiu domar e revelar o seu potencial máximo. O mesmo aconteceu com a sua auto-estima!
Esta é a história dela, qual é a tua?

Fomos feitos com os nossos pormenores e caraterísticas que nos distinguem e diferenciam. É o lema que me fez aceitar muitos elementos que me identificam, sendo um deles, o mais evidente: o meu cabelo encaracolado e rebelde.

TENTAR CONTROLAR OS CARACÓIS


Quando era criança, sem muita noção do mundo, amava o meu cabelo de rapunzel encaracolado, e chorava sempre que a minha mãe me cortava as pontas. Mas com o passar dos anos, só queria que como por milagre, ele acordasse completamente liso.


Passei a fase do cabelo 24 sobre 24 horas apanhado em rabo de cavalo; os cortes próprios em casa, com medo das mãos insanas das cabeleireiras; a espuma desde a raiz para perder qualquer vestígio de volume; até a fase em que desisti e permiti com que ele fosse o que sempre quis: livre, tendo a sua típica vida própria.

MEDO DE MUDAR


A realidade é que sempre tive um medo inconsciente de mudar o aspeto, e hoje, entendo que sempre soube que ia perder uma caraterística minha que era única e genuína.


Continua a ser difícil de o domar. Dá um trabalho e uma entrega intensiva, digna de adicionar à lista de competências no CV. Mas, é o pormenor que mais amo em mim.

Amo ver os caracóis definidos a caírem-me pelos ombros, e a voarem ao sabor do vento. E ainda o volume que me cobre a cara, e lhe dá uma forma e energia completamente diferente.
Foi um processo longo (e principalmente dispendioso), mas a verdade é que não mudaria a luta e o resultado final
.”

Partilha a tua história connosco através do contacto ou redes sociais usando #eusoulth. Lá encontras também bastante conteúdo sobre como tratar dos teus caracóis <3

Creator

Raquel Farinha

Temas Relacionados