Pintar o cabelo é um desejo que cresce em nós desde muito cedo, nem que seja por referências de personagens, bonecos ou ídolos com cabelos coloridos e cheios de estilo. Tudo começa com umas madeixas de tinta falsa, cabelo rosa…e com o tempo passa para termos mais complicados como coloração completa, balayage, Light Shadows e outras técnicas que, além de nos fazer mudar o cabelo, sentir-nos diferentes e com mais confiança, vão fazer também com que o cabelo fique danificado. Por isso há várias coisas que precisas de saber antes de pintar o cabelo.

NOVO CABELO = NOVAS RESPONSABILIDADES

Para falar sobre dicas de coloração, temos o Miguel Teixeira, hairstylist de profissão para ajudar todas as pessoas que vão pintar o cabelo pela primeira vez, ou que precisam de saber como tratar do cabelo pintado.

Primeiramente é importante saber que todo o cabelo exposto a tratamento químico, seja coloração, alisamento ou descoloração, vai sofrer danos na fibra do cabelo e precisa de ser bastante cuidado. Para isso é necessário ter em conta estes fatores:

1.ESCOLHER UM BOM PROFISSIONAL
Garantir que é um cabeleireiro de confiança e experiente é importante quando entregamos os nossos cabelos. Em parte porque os riscos que corremos podem ser bastante duradouros e prejudicar bastante o nosso cabelo.

FAZER PESQUISA

No entanto, hoje em dia com as redes sociais é mais fácil avaliar um portfólio de um profissional pelos trabalhos publicados e especialmente feedback de clientes. Desta forma temos ao nosso dispor fotografias e vídeos que provam a qualidade do trabalho. Por isso faz bem a tua pesquisa antes de entregares os teus cabelos.

2. MADEIXA TESTE
Achamos que podemos apenas começar a pintar o cabelo mas a verdade é que nem todos os tipos de cabelo estão aptos para este procedimento. Para confirmar se o resultado final não é um desastre que acabe com um cabelo “morto” e partido, corta-se uma pequena mecha do cabelo e aplica-se a tinta, esperando cerca de 20 a 30min para saber como o cabelo se comporta.

RESULTADO FINAL – CABELO ELÁSTICO?

Se a mecha estiver elástica – sim, cabelo elástico que estica! – , as fibras capilares não vão aguentar o procedimento, seja ele coloração, descoloração ou alisamento. Como tal, aposta num profissional que tome esta precaução, e que fale sobre alergias dos químicos e o tipo de couro cabeludo.

3.ENCONTRAR A COR CERTA
Quando apostamos em novas cores de cabelo, escolher o tom certo é sempre uma das maiores dificuldades. No entanto há “linhas guia” que podem ajudar na decisão, como a cor da pele, cor dos olhos, e formato do rosto. Somos todos diferentes e há coisas que podem resultar melhor numas pessoas que outras, mas basta estares feliz com a tua escolha para ficares ótima, mesmo sem ser dentro deste padrão.

4.CONSEQUÊNCIAS NO CABELO
A descoloração por exemplo retira a queratina e colagénio do cabelo, enquanto a coloração vai retirar os lípidos. Por isso é normal que o cabelo fique muito mais áspero, com uma textura porosa e seco. Há muitas pessoas que acabam por aconselhar fazer madeixas para quem deseja mais textura e volume no cabelo, pois acaba por o tornar mais moldável.

COMO CUIDAR COM UM CRONOGRAMA CAPILAR

Para garantir que o cabelo continua saudável mesmo depois destes processos, tem de se investir em reconstrução, caso haja falta de queratina, ou nutrição, se houver falta de nutrientes e lípidos. Neste site encontras um teste personalizado sobre um cronograma capilar especifico para as tuas necessidades e tipo de cabelo – o cronograma capilar é baseado num tratamento profundo da fibra capilar com a ajuda de máscaras de reconstrução, hidratação e nutrição, que usadas na ordem correta vão potencializar o efeito no teu cabelo e dar-lhe exatamente aquilo que ele precisa.

4. MANTER A COR
Pintar o cabelo envolve vários níveis de manutenção consoante o tipo de técnica que usamos. Mesmo assim deve-se:

  • evitar lavar o cabelo nas 48h seguintes;
  • apostar em gamas de cor como a Cor Revitalizante da TRESemmé – com os ingredientes específicos para cabelo pintado.
  • protege sempre o cabelo do styling com calor intenso como pranchas e modeladores – por exemplo, Protetor Térmico Repara e Fortalece 7 TRESemmé.

Lê este artigo com mais dicas para cuidares da tua cor de cabelo.

VÊ ESTAS E MAIS DICAS COMPLETAS NESTE VÍDEO

SEGUE-NOS NAS REDES SOCIAIS E SUBSCREVE AO CANAL PARA ACOMPANHARES AS MELHORES DICAS E CUIDADOS PARA CABELOS

Creator

Raquel Farinha