O alisamento capilar é um dos procedimentos mais escolhidos para facilitar a rotina do dia-a-dia e domar o cabelo volumoso, deixando-o liso, brilhante e macio durante bastante tempo. A maior parte das pessoas que começaram a fazer alisamento capilar foram as cacheadas. Infelizmente passaram por uma fase de negação do próprio cabelo por ser considerado, erradamente, pela industria da moda como “menos bonito”, ou “menos arrumado”.

No entanto, esses ideais mudaram e os últimos anos tem-se falado imenso em transição capilar – quando se deixa o alisamento de anos e se revitaliza os caracóis. Finalmente as cacheadas quiseram assumir os seus caracóis, as suas afros, e todo o volume que vem com este tipo de cabelo. Personalidade nos fios é o que queremos!

O QUE É?

O alisamento capilar é um procedimento utilizado com vários químicos e técnicas para alterar a estrutura natural do fio de cabelo, e torná-lo liso desde a raiz.

Não são apenas as cacheadas que procuram este tratamento, mas também pessoas com outros tipos de cabelo que querem atingir um look mais fácil de domar, estilizar e lidar no dia a dia.

PROCEDIMENTOS QUÍMICOS E OS SEUS EFEITOS

De qualquer das formas estamos a lidar com procedimentos químicos, e por isso, tal como existem prós, existem contras. Antes de tomares qualquer decisão sobre o alisamento capilar – um tratamento bastante duradouro – é preciso saber o que podes esperar para o teu cabelo.

4 COISAS QUE PRECISAS DE SABER

  • É um processo demorado
    O alisamento capilar pode ter várias técnicas de aplicação, como o alisamento japonês – o mais famoso. Tanto o nome como os produtos utilizados podem variar, mas o tempo de duração ronda sempre as 2 e as 9 horas. Este tempo depende sempre da espessura do fio e do comprimento do cabelo.

    O processo passa por várias fases, incluindo lavagem para retirar resíduos, aplicação da química (que vai mudar a estrutura do cabelo), mais lavagem e alisamento mecha a mecha. Por isso é importante que reserves tempo suficiente para um dia de cabeleireiro com calma. Aproveita e faz outros tratamentos de estética.
PROTEGER O CABELO ANTES E DEPOIS
  1. Causa danos no cabelo
    Todo o tipo de tratamento baseado em químicos – seja alisamento, descoloração, coloração etc, – vai sempre causar danos no cabelo. O objetivo é salvaguardar o cabelo e fazer uma boa preparação antes e depois. Garantir que ele está o mais saudável antes do tratamento vai prevenir danos graves depois do alisamento capilar.

    O resultado vai ser sempre um cabelo liso, brilhante e macio. No entanto, isto não quer dizer que ele não possa estar danificado no interior, por mais que o exterior esta revestido de produto. O ressecamento é uma das mais comuns consequências. Faz questão de procurares os melhores profissionais para te aconselharem.
  1. Muda a tua rotina
    No geral, facilita bastante o teu dia-a-dia quando te estás a arranjar e não tens muito tempo para dedicar ao teu cabelo. Basta escovar e está feito!

    O tratamento reduz também o volume e o frizz, então é muito mais fácil de fazer styling e penteados diferentes. Por isso é que muitas pessoas com bastante cabelo e dificuldades em domá-lo decidem fazer um alisamento capilar.
  2. Necessita de manutenção
    O alisamento capilar é super “sensível” e requer uma disciplina e rotina de utilização de produtos bastante rigorosa. Os produtos têm de ser os mais indicados para o tratamento, pois caso não sejam podem destruir os resultados em muito pouco tempo.

    Depois do alisamento não se deve lavar o cabelo por 3 dias, para os químicos fazerem o efeito pretendido. Além disso, o uso do secador é também imprescindível visto que o alisamento é ativado com o calor. Por isso não te esqueças de usar muito protetor de calor.
Protetor de Calor Repara e Fortalece 7 TRESemmé

Creator

Raquel Farinha